IBGC integra nova rede global de Institutos de Governança Corporativa

O Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), em parceria com oito importantes organizações de Conselheiros de Administração de todos os continentes, anuncia nesta segunda-feira (7) a formação da Rede Global de Institutos de Conselheiros de Administração – Global Network of Director Institutes (GNDI). Esta parceria internacional dá voz global aos conselheiros e agentes de governança e cria um novo fórum para compartilhar conhecimentos, ideias e práticas de liderança em conselhos.

A GNDI é uma parceria internacional entre nove importantes organizações para conselheiros da África do Sul, Austrália, Brasil, Canadá, Estados Unidos, Malásia, Nova Zelândia, Reino Unido e União Europeia.

Em dezembro, reunidos em Wellington, Nova Zelândia, os delegados da GNDI elegeram John Colvin, diretor-presidente do Australian Institute of Corporate Directors (AICD), como presidente da GNDI, e Stan Magidson, diretor-presidente do Institute of Corporate Directors (ICD) do Canadá, como vice-presidente. Heloisa Bedicks, superintendente geral do IBGC foi eleita para integrar o Comitê Executivo.

A GNDI irá complementar o trabalho de suas organizações membro, promovendo uma estreita cooperação entre as organizações nacionais de conselheiros e governança. A Rede funcionará como um fórum global para compartilhar experiências, estudos de caso, práticas de liderança e questões atuais ou emergentes de governança corporativa que impactam conselhos e demais agentes de governança.

“A GNDI reúne as mais importantes organizações que congregam conselheiros de administração e demais agentes de governança em todo o mundo. Além disso, vai discutir questões que impactem as práticas de governança, pretendendo ser um fórum importante de ‘advocacy’ que atravessará as fronteiras nacionais”, diz a Superintendente Geral do IBGC, Heloisa Bedicks.

Além disso, os membros da GNDI irão colaborar para:

• Antecipar e explorar as questões emergentes que têm impactos globais sobre as práticas de governança corporativa;

• Desenvolver e promover práticas de liderança e programas de treinamento que melhorem a capacidade dos conselheiros, a fim de assegurar um desempenho sustentável e de longo prazo das organizações para o benefício dos acionistas e outras partes interessadas;

• Educar os principais formadores de opinião sobre os benefícios e valores de liderança exemplar nos conselhos;

• Ampliar as vozes e perspectivas de conselheiros sobre questões relacionadas à liderança do conselho

Os institutos membros fundadores da GNDI incluem as seguintes organizações, que coletivamente representam mais de 100 mil Conselheiros em todo o mundo:

· Institute of Directors of South Africa (IoDSA), Africa do Sul

· Australian Institute of Corporate Directors (AICD), Austrália

· Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), Brasil

· Institute of Corporate Directors in Canada (ICD), Canadá,

· National Association of Corporate Directors (NACD), Estados Unidos.

· Malaysian Alliance of Corporate Directors (MACD), Malásia

· Institute of Directors in New Zealand (IoDNZ), Nova Zelândia

· Institute of Directors (IOD), Reino Unido e

· European Confederation of Directors Associations (ecoDa), União Européia

Fonte: http://www.investimentosenoticias.com.br   7/1/13

Equipe de redação da Une Consultoria.

Quer receber conteúdo da Une Consultoria - Sucessão | Governança ?

Cadastre seu contato aqui!

Mais sobre o nosso blog

Comentários...