Revista RNC: planejamento é a palavra-chave para a  sucessão

 

Exame PME: sucessão familiar

Sucessão

Confira as orientações dos especialistas da Une Consultoria sobre as dúvidas dos empreendedores na hora de contratar um presidente para tomar conta da empresa.

Exame PME, edição 86, junho de 2015.

Workshop da EAESP debate sucessão familiar

 

O Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios  (GVcenn) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP) realiza no dia 27 de junho, quinta-feira, o workshop “Sucessão na Empresa Familiar”, com a sócios da UNE Consultoria Ana Rita Schlatter e Rogério Faé.

No curso, prático e participativo, será utilizada a técnica de análise de filme para refletir, aprofundar e debater os dilemas e desafios envolvidos no tema, tais como sucessão familiar, societária e empresarial, as forças inconscientes da sucessão,  os dilemas do sucedido e o planejamento da sucessão e da continuidade.

FGV Notícias, 21/06/2013

Quando a parceria chega ao fim

Revista Apólice, 04/2013, edição 173, página 43

Empresas Familiares

Um novo projeto de assessoria de sucessão de negócios familiares foi lançado em Santa Maria. A empresa Guapo foi apresentada pelos três sócios, durante um elegante jantar, no Itaimbé Palace Hotel. No evento, houve a palestra de Rogério Faé Rodrigues, consultor de sucessão de negócio familiar e professor.

Diário de Santa Maria, 22/08/2013

Revista Exame publica parceria UNE | MSCI 

A UNE Consultoria estabeleceu parceria com a MSCI Governança e Estratégia. Com isso, amplia os serviços às empresas familiares. Com especialidades complementares e valores convergentes, UNE & MSCI atuam em todas as dimensões do planejamento sucessório: familiar, societária e empresarial. Juntas, enriquecem a prática e os possíveis caminhos de continuidade da empresa familiar.

Revista Exame, 2a quinzena, 03/2012

Pense grande, torne-se uma família empresária

Por Rogério Faé Rodrigues

As estatísticas sobre a mortalidade das empresas familiares no Brasil e no mundo não são nada animadoras. De forma geral, sabemos que 67% delas não ultrapassam a 2ª geração – número significativo considerando que 90% das empresas no Brasil são de origem familiar. Mas o que fizeram de tão diferente, aquelas poucas empresas que têm conseguido superar o desafio da longevidade? Uma resposta única e definitiva para esta questão não existe. É possível, após muitos anos de trabalho junto às empresas familiares brasileiras, encontrar uma boa pista: a capacidade de tornar-se uma família empresária.

Portal da FAAP

Herdeiros enfrentam laboratório antes de assumir a EF

Por Ana Rita Bittencourt

A preparação de herdeiros para dar continuidade à empresa familiar remete a uma mudança fundamental de conceito. Trata-se da troca de um modelo individual para um modelo coletivo. Nesta passagem, algumas empresas incentivam os seus herdeiros a buscarem a experiência de abrir novos negócios para exercitarem a integração e qualificação, antes de se tornarem sócios da empresa familiar.

Portal da FAAP

Boas práticas na educação de herdeiros

Por Ana Rita Bittencourt

Com as exigências do mundo atual as famílias modernas vêm sofrendo mudanças em todos os sentidos. O modelo papai sai para trabalhar e mamãe cuida dos filhos já não é o padrão da composição familiar. “Esta é a minha mãe por parte de pai…” ou “o nome do meu pai é vovô” são exemplos citados recentemente pela diretora da escola de minhas filhas, mencionando a fala de coleguinhas, para ilustrar o quão cotidianas já são essas “novas” configurações familiares. Saber qual o limite certo; ser muito repressor ou permissivo; dizer não na medida certa; ser ausente ou controlador são dilemas pelos quais os pais estão constantemente expostos.

Portal da FAAP